Como os recrutadores realmente te vêem como profissional

Recrutadores que têm uma vaga de emprego pra você recebem o seu currículo e procuram seu nome no Google para ver o que aparece. O que vai acontecer?

O profissional vai ficar assustado com as suas fotos de balada? Vai ver os artigos profissionais que você já escreveu? Ou nem sequer vai te encontrar?

Os recrutadores têm o hábito de usar a internet a favor de seus processos seletivos. Ao digitar o seu nome no mecanismo de busca, será que o perfil que ele vai encontrar é o seu? Encontrar alguém com o seu nome e um perfil nada profissional é uma possibilidade que deve ser levada em conta.

Você como um profissional

Pense no seu nome profissional como o nome artístico de uma atriz ou ator. Ele te identifica para recrutadores, colegas, headhunters, contatos e qualquer pessoa que possa fazer parte da sua vida profissional, incluindo clientes e fornecedores.

Seu nome é sua identificação e deve ser consistente no seu cartão de visitas, Linkedin, currículo, e-mail profissional e qualquer rede social que tenha alguma relação com sua carreira.

Tente usar o seu próprio nome, dentro do possível. Se você tem algum apelido ou referência pelo qual é conhecido no ramo profissional, talvez seja uma boa ideia ser identificado por isso, incluindo ao seu nome.

Deixe de fora qualquer associação a esportes, religião ou outros interesses que possam enfraquecer sua reputação profissional.

Procure seu nome e garanta sua reputação

Ao fazer uma busca no Google, você deve ser encontrado por um recrutador. E mais: qualquer pessoa que fizer a busca deve encontrar mais perfis com o mesmo nome, então o seu precisa ganhar destaque.

Para isso, seu perfil no Linkedin, por exemplo, precisa estar atualizado e você deve acessar a rede social com alguma frequência para que ganhe relevância. Você também deve ter uma URL customizada da rede, para que seja ainda mais fácil lhe encontrar.

Além disso, quanto mais informações profissionais relevantes e importantes você tiver para adicionar, menores as chances de um profissional de RH confundir o seu perfil com o de outra pessoa.

E mais um detalhe: o Linkedin permite que você adicione seu nome antes de casado ao perfil. Sendo assim, se você mudou seu nome após a união, poderá ser encontrado por quem ainda não está atualizado.

Cinco razões para manter seu nome limpo na internet

  1. Ser encontrado no Google é uma espécie de prova social das qualificações que você descreveu no currículo.
  2. Você constrói credibilidade ao seu nome e o que tem a oferecer para a empresa.
  3. Ter seu perfil separado e destacado de pessoas com nomes iguais ou similares com uma reputação não tão agradável.
  4. Permite que você seja encontrado com pouco esforço pela sua rede de contatos.
  5. Separar a sua identidade particular do seu perfil profissional.

Os comentários foram encerrados, mas trackbacks e pingbacks estão abertos.